segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Precisei parar para respirar





As coisas embaralharam um pouco. Muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo. Mas quando não há muitas coisas acontecendo? O mundo nos espera? Acontece uma coisa de cada vez? Não, não acontece mas a gente vai levando tudo numa boa até que uma hora, tudo se embola. E aí, é preciso parar. Parar pra pensar, pra colocar as coisas e idéias no lugar. Não dá pra parar, o mundo não pára, a vida não espera. Mas paramos o que podemos, diminuímos a velocidade. Mudamos o rítmo.
Questões com saúde, sentimentos misturados, questões profissionais, pessoais, relações de amizade, algumas crescendo, outras se desfazendo... conceitos e valores mudando, mudanças chegando e eu precisei de um tempo. Um tempo para organizar as idéias. Organizar as idéias?! Um tempo para pensar e repensar e eu parei, somente o que podia parar.
As idéias continuam misturadas, tudo continua acontecendo ao mesmo tempo e cada vez mais e mais mas agora estou conseguindo respirar e estou de volta ao meu lugar!

3 comentários:

  1. Paradinhas fazem bem e nos recolocam no prumo...Bom retorno!beijos,chica

    ResponderExcluir